TESTE DE PRODUTO: MONITOR DE PRESSÃO E TEMPERATURA TPMS

O TPMS promete monitorar pressão e temperatura dos pneus por meio de um sensor que substitui a tampinha do bico das válvulas
Facilmente encontrados nos carros de luxo, os monitoradores de pneus podem ser úteis para evitar consumo excessivo de combustível, desgaste da banda de rodagem e, principalmente, acidentes. Com a chegada ao mercado brasileiro do TPMS TP-03E, da Steelmate, agora até os carros populares podem ter o seu próprio monitorador de pneus.

B01n

Leia todo conteúdo, inclusive aonde comprar e seu valor!!!
Importado pela Persortec, o kit é composto de quatro sensores que vão rosqueados nos bicos das válvulas (substituindo as tampinhas), além de uma tela de LCD que é instalada na tomada 12V ou acendedor de cigarros do carro. Via wireless, ele fornece informações da calibragem e temperatura de cada pneu, e também emite um aviso sonoro se um deles estiver vazando. A instalação é simples e intuitiva: basta plugar a tela no acendedor de cigarros e ligar a ignição na posição “ON”. Em seguida é só colocar a coifa de proteção, rosquear a porca antirroubo no sentido horário e cada um dos sensores nos respectivos bicos das válvulas. Para o travamento dos sensores, o kit acompanha uma chave fixa para apertar a porca.

B02n
Com o nosso monitorador instalado, partimos para os testes. Quem nos auxiliou foi o especialista Caio Barone, da borracharia Zeca Barone Pneus, há mais de 40 anos no mercado. Usamos uma Fiat Strada, equipada com rodas de alumínio e pneus 185/65 R15, e aí notamos a primeira dificuldade. Como as rodas eram raiadas (originais do Siena HLX), não havia espaço para apertar os sensores com a chave. Dispensamos a ferramenta e seguimos com o teste, que consistia em calibrar os pneus com 30 PSI e depois esvaziá-los para verificar se o sistema reconhecia a diferença.
Com margem de erro de 2 PSI antes de começar a rodar com o carro (aceitável na opinião do nosso especialista, porque o pneu estava frio), o sistema fez todas as medições em tempo real e com as leituras no visor variando de 28 a 29 PSI e temperaturas de 25 a 27 oC. Depois de esvaziarmos o pneu dianteiro do lado direito, o TPMS acusava 26 PSI e temperatura de 31 oC (devido ao aumento da área da borracha em contato com o solo). Para finalizar, decidimos furá-lo e rodar até esvaziar por completo.
O sistema não só reconheceu a redução na calibragem, mas a partir de 22 PSI, ele começou a emitir um bip sonoro de alertando o motorista. Veredicto: o monitorador indicou corretamente a calibragem e temperatura dos pneus. E por R$ 699, transformou nossa Strada em picape de luxo.
Prático de ser utilizado, ele informa por meio de um display de LCD plugado na tomada 12 V do carro a calibragem e a temperatura.
Preço médio: R$ 699

B03n
Compre: persortec.com.br
“por Fernando Garcia • 24/03/2016 às 17:09”

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *