Dicas


Nova série Tecnocar: Defeitos irritantes


A Tecnocar vai apresentar uma sequência de matérias sobre defeitos nos veículos. O seu está entre eles? Fique sabendo.

 

Defeitos irritantes - 1

Falhas no motor de Fit e Civic

Proprietários de Honda reclamam de falhas no motor e velas que teimam em ficar presas no cabeçote

Por Waldez Carmo Amorim | 13/04/2014

Honda Civic e Fit são conhecidos pelo alto índice de satisfação de seus donos, como atesta nossa pesquisa Os Eleitos, na qual o sedã já foi apontado como o preferido da categoria por sete anos e o monovolume, por dez anos. Mas alguns dos proprietários não escondem a insatisfação com um problema no motor que causa falhas no funcionamento e obriga a troca de velas e bobinas, especialmente nas versões flex.

É o caso do tecnólogo paulista Jefferson Orsi Siratuti, dono de um Civic EXS 2008. "Na revisão de 60 000 km, a autorizada identificou que as velas estavam oxidadas e que não seria possível removê-las sem danificar o cabeçote. O orçamento ficou em 4 200 reais, mas foi reduzido para 2 900 depois que reclamei. A avaria ocorre porque as velas não são inspecionadas antes e, assim, fica difícil antecipar a substituição das peças", diz Jefferson.

Esse problema não é recente e é conhecido há anos por concessionárias e até pela fábrica, como comprova boletim técnico emitido pela Honda para sua rede autorizada no dia 4 de junho de 2009. Sob o código BT-M001/09-954, ele recomenda a checagem das velas (e, caso estejam presas ao cabeçote, sua retirada) na revisão de 40000 km do Fit e dos 60 000 km do Civic, ambos equipados com motor flex, quando o proprietário utiliza com frequência, de acordo com o boletim, "álcool e/ou combustíveis geradores de agentes nocivos ao material da vela" (referência à gasolina batizada).

Nessa situação, são comuns orçamentos caros, já que quase sempre o veículo está fora do período da garantia, como exemplifica Marcelo Guimarães, de São Paulo (SP), dono de um Fit 2008. "No fim do ano passado acendeu a luz da injeção e o motor começou a falhar.A autorizada orçou o conserto em 3 000 reais, pois era preciso trocar as oito velas e oito bobinas. Não autorizei porque achei muito caro, mas agora o motor está cada vez pior", diz.


O POVO RECLAMA

"Na revisão de 60 000 km, as velas do meu Civic estavam oxidadas e presas no cabeçote. Agora estou receoso de que aconteça o mesmo com meu Fit." - José Marcos Monteiro da Fonseca, médico, São Paulo (SP)

"Na revisão de 40 000 km no meu Fit, as velas estavam presas. Trocaram, mas o motor começou a falhar. Só foi resolvido quando eu o levei ao meu mecânico de confiança." - Arthur Dias Costa, estudante, Rio de Janeiro (RJ)


RESPOSTA

A Honda diz que "na análise dos casos, foi constatado que as reclamações não têm relação com a descrição do boletim BT-M001/09-954" e que a oxidação da rosca das velas "não resulta em falhas no motor".

 

Fonte: Quatro Rodas


A Tecnocar tem atendimento especializado em câmbio automático para o seu veículo. Saiba mais

Voltar